relação

um aniversário de 5 anos em Londres

Para comemorar 5 anos imperfeitos, o David teve a ideia de viajarmos para a capital dos meus sonhos. Queria partilhar com vocês highlights dessa viagem incrível em vídeo e os detalhes virão nos próximos posts.

T.

Anúncios

Amar e Ser Amada

As vezes penso nas relações amorosas que tive, não para comparar a pessoa mas para ver a diferença de como eu me sentia. Uma era paixoneta, outra idolatrava o rapaz que criei na minha cabeça e por fim encontrei amor.

Posso afirmar que amo de corpo e alma, em cada carícia, no silêncio, no olhar eu sei o que ele está sentindo. Nos comunicamos e conectamos sem precisar de qualquer palavra, apenas vivemos aquele momento. Até mesmo intimamente as coisas mudam quando há amor, tudo se intensifica e nos aproxima ainda mais.

Já sofri muito, de coisas que ninguém pensaria que eu passei. Porém amar e ser amada desta forma, com tanta confiança, acaba por compensar todo o mal. Raparigas de 19 anos podem ficar gratas por serem milionárias, eu fico grata por viver algo verdadeiro com alguém, isso elas nunca saberão o que é.

T.

Pais e namoro

Sempre há aqueles pais controladores que se intrometem em tudo na vida do filho, pior ainda quando começa a namorar. Graças a Deus nunca tive esse problema, a minha mãe sempre confiou em mim e respeitou o meu espaço e devido a essa personalidade aceitou de braços abertos o único rapaz que levei para conhecê-la. Os pais do David também não são de meterem na nossa vida, no início (em 2012) aceitaram-me da mesma forma que a minha mãe, fizeram-me parte da família e tudo tem corrido bem.

Mas e os controladores, como é? Conversa. “ah mas você está fora da situação, nunca passaste bablabla”, digo o mesmo, conversa. Nunca fui de ouvir e conversar, é o meu maior defeito mas ao passar do tempo com a minha mãe isso tem mudado e vi como solução para tudo. Explica aos teus pais como te sentes, mostra que podem confiar em ti e depois de conhecerem-no confiar nele também pois o pior que pode acontecer é esconder a relação.

Acompanhem-me neste raciocínio, eles já são chatos não será pior ainda descobrir que há meses ou anos que namoras com alguém?. É uma situação maçante para ambos os lados, o filho passa a mentir “vou dormir na casa da ana, podes falar com a mãe dela” vai? vai sim mas passa a noite com ele e só depois vai dormir a casa da amiga. Acho que nenhum pai ou mãe quer uma relação “falsa” com os seus filhos, ambos têm de trabalhar juntos para funcionar nessa fase de relações.

Beijinhos, T.