não é um sprint, é uma maratona

Uma vez que sumi por uns meses do blog lembrar-vos-ei o que significa a categoria “Daybyday”: uma breve reflexão/acção do dia a dia.

Ainda estou num forte struggle em manter bons hábitos mas tenho de agradecer por estar tão diferente do poço em que me encontrava no ano passado. A Tá de 2017 está leve como uma pena mas paralelamente tem tantos elementos que até agora não entraram no lugar, quanto mais exploro mais dúvidas surgem. É como se não existisse uma uma reta final, estás sempre a correr absorvendo um sobejo de informações 24/7 que interfere naquilo que já tinhas tomado como uma certeza. And don’t get me wrong, acho que devemos estar em constante mudança para desenvolvermos mas é tão cansativo não se acomodar.

T.

Kérastase Cleansing Conditioner Curl

Os profissionais aconselham evitar lavar os cabelos todos os dias mas dado aos treinos recorrentes não tenho escolha, ressecou somente uma vez porque abusei do shampoo da Rene Furterer Forticea. Todavia os caracóis ficaram fragilizados com a mudança de visual por isso procurei um shampoo que fosse adequado para o uso frequente.

Sem objeções, 30€ por 400ml que limpa delicadamente os fios uma vez que acalma o frizz, dá maciez, não contém sal, sulfato, nem silicone na composição. E tenho de dizer, amém para o perfume que não é primordial para mim mas sobressaiu entre tudo que já experimentei. Uso 2-3 pumps todos os dias, é o suficiente para o meu cabelo comprido mas a marca indica até 6 pumps e deixar atuar 2-3 min.

T.

Produtos caros ou baratos?

Realizei uma das minhas vaidades, fiquei loira e desta vez fui rigorosa na escolha do meu cabeleireiro.  Qualquer mudança é acompanhada por cuidados específicos e deduzi que produtos caros podem ser dispensáveis  na recuperação do cabelo após a descoloração.

Na primeira tentativa de obter os fios Beyoncé, o que tinha na cabeça era palha e para tirá-los da miséria apliquei óleos vegetais, queratina liquida, shampoo e máscara da skala. Em 6 meses ficou novamente saudável com apenas 40€.

Neste second round comprei mais ou menos os mesmos produtos antes de avançar com a descoloração, entretanto a minha cabeleireira se manifestou relativamente as marcas que escolhi e induziu-me a levar o que ela considerava melhor. A minha carteira sangrou e em um mês voltou ao que era, os danos não foram violentos.

Com os cachos dourados gritando mara de maravilhoso, gastei um bom dinheiro desnecessário enquanto bastava uma máscara da skala e óleos naturais. Apesar de ter voltado as not so expensive brands amei usar o shampoo da Kérastase e o Moroccanoil para as pontas, sao as únicas marcas dispendiosas que manterei na minha rotina.

T.

Dr. Scholl Creme Calosidades

A minha mãe me enchia o saco com as calosidades que tenho no topo dos dedos dos pés devido ao uso das botas da Lemon Jelly que faz muita fricção. Nunca me incomodou mas ela insistiu que usasse Dr. Scholl e eu, como adoro conhecer produtinhos, aceitei.

A marca promete reduzir em 7 dias as calosidades e tem de aplicar duas vezes por dia. Eu não consegui cumprir essas condições por isso aplicava uma vez por dia e vi resultados em 2 semanas. Houve uma redução contudo uso há 6 meses e não desaparece, porventura a pele seja demasiado expessa para este produto.

Apesar de não sumirem penso que se forem calosidades noutras áreas mais finas poderá ser mais eficaz, entretanto quero experimentar o Express 2 em 1 que ouvi que faz mesmo desvanecer as pele espessa.

T.

I’m going blonde

Em 2015 tentei ficar loira contudo ele deixou-me laranja e tem até um vídeo antigo falando do ocorrido. Como o trauma não foi suficiente para desistir esperei até encontrar um cabeleireiro que soubesse, para além de fazer o loiro perfeito, também lidar com os meus cachos porque claramente os portugueses não conseguem e eu entendo.

Encontrei o meu anjo da guarda e marquei para a semana alterar completamente o meu visual. Entretanto queria deixar-vos as minhas inspirações para esta mudança.

T.