Um segundo susto

Há 1 ano, fui presenteada com uma notícia. Apareceram feridas enrugadas em todo o meu corpo e fui a uma clínica privada porque a pública não resolveu o meu problema. O dermatologista disse-me que a minha doença era para a vida inteira, poderia desenvolver outras piores e futuramente cancro da pele devido a natureza que ela possui. Eu levei muito a sério o tratamento, como iria lidar com o meu corpo depois, tudo estava bem mas aparece constantemente coisas estranhas, as vezes nem ligo outras eu cuido.

Há meses que já não uso Oleoban e senti muita falta mas não dei tanta importância até que hoje “quebrei a cara”. Acordei com o rosto inchado principalmente os olhos e as bochechas vermelhas, comichão no pescoço até ao colo mas disseram-me que era conjuntivite e que não deveria preocupar-me. Porém recordei-me do que o médico dissera e fiquei aflita, fui para as urgências e descobri que tenho alergia, mas não sabem ao quê, e quanto a comichão que é bem normal (tenho muito quando faço exercício) deveria voltar ao dermatologista.

Passaram-se tantas coisas negativas na minha cabeça, mas depois que o meu dia agonizante terminou, eu pensei “A sério Taís? Foi preciso um 2 susto para cuidares de ti? E se tivesse sido pior?”. Caracterizam-me como dramática, mas se algum de vocês tivessem uma doença que desenvolvesse outras piores estariam se borrando de medo. Porém a culpa foi minha, o desleixo foi meu, foi preciso isto acontecer para lembrar-me que não sou normal.

Anúncios

3 thoughts on “Um segundo susto

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s